Vereador destaca “mau-caratismo” de fura-filas e diz que haverá punições mais rígidas

O vereador Renivaldo Nascimento (PSDB) disse que as pessoas que têm furado a fila de vacinação contra a Covid-19 agem com “mau-caratismo”. Ao Jornal da CBN Cuiabá, na manhã de terça-feira (16), o parlamentar frisou que a questão daqueles que têm se antecipado na imunização, passando na frente dos grupos prioritários, pode render ações até mesmo na esfera jurídica.

A discussão em torno dos fura-filas foi levantada em Cuiabá e em outros municípios desde a primeira semana de vacinação em Mato Grosso. Já nos primeiros dias de imunização surgiram denúncias de que pessoas fora dos grupos prioritários estariam recebendo doses da CoronaVac.

Conforme informado pela reportagem, há denúncias que apontam, inclusive, para vacinação de profissionais que atuam em clínicas particulares de estética. Inicialmente, conforme calendário vacinal divulgado pela prefeitura, trabalhadores da saúde foram o primeiro grupo prioritário, seguido de idosos na faixa etária dos 85 anos.

“Sempre tem aquele que acha que é mais esperto que os outros, que acha que o ‘jeitinho’ vai dar certo. Nós estamos vendo isso no país. Então, temos que apurar, por isso do Judiciário para que se for o caso apurar e ser punido. Até mesmo porque é um mau-caratismo gigante fazer isso aí”, disparou o vereador.

“Temos que conviver com isso, com responsabilidade. Infelizmente a população não tem tido muita responsabilidade, tem andado brincando com a vida dos outros. A prefeitura de Cuiabá não tem intenção de fazer lockdown e travar o comércio. A prefeitura, principalmente pelas propagandas instrutivas, tem buscado levar conhecimento à população”, reiterou.

Base do governo municipal na Câmara de Cuiabá, Renivaldo Nascimento apontou que o prefeito Emanuel Pinheiro baixará novo decreto com ações mais rígidas frente à pandemia da Covid-19.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais Lidas

Supermercados tentam ampliar horário de funcionamento; desembargadora nega

A desembargadora Helena Maria Bezerra Ramos negou um pedido da Associação de Supermercados de Mato Grosso (Asmat), contra o decreto do Estado que fixou...

MT bate 2,7 mil casos de Covid em 24 horas e UTIs chegam a 96,8% de ocupação

Mato Grosso atingiu números assustadores da pandemia nas últimas 24 horas. Foram notificados 2.748 novos casos da doença. A taxa de ocupação chegou a 96,86%...

Operação cumpre 24 mandados de prisão contra membros de facção criminosa

Vinte e quatro mandados judiciais com alvo em uma organização criminosa atuante na região leste do estado são cumpridos pela Polícia Civil, na manhã...

Related Articles

Supermercados tentam ampliar horário de funcionamento; desembargadora nega

A desembargadora Helena Maria Bezerra Ramos negou um pedido da Associação de Supermercados de Mato Grosso (Asmat), contra o decreto do Estado que fixou...

MT bate 2,7 mil casos de Covid em 24 horas e UTIs chegam a 96,8% de ocupação

Mato Grosso atingiu números assustadores da pandemia nas últimas 24 horas. Foram notificados 2.748 novos casos da doença. A taxa de ocupação chegou a 96,86%...

Operação cumpre 24 mandados de prisão contra membros de facção criminosa

Vinte e quatro mandados judiciais com alvo em uma organização criminosa atuante na região leste do estado são cumpridos pela Polícia Civil, na manhã...