Vereador quer criar programa de “agentes duplos” para investigar atos de corrupção

O vereador por Cuiabá tenente-coronel Marcos Paccola (Cidadania) afirmou que trabalhará na criação de um programa a testemunhas com enfoque na investigação de atos de corrupção em órgãos públicos por meio do acompanhamento de agentes duplos.

Em entrevista ao Jornal da CBN Cuiabá, na manhã desta segunda-feira (22), o parlamentar apontou que o projeto ainda está sendo construído, mas que, quando em atividade, poderá garantir proteção aos participantes por até quatro anos com salário fixo.

“É um programa de recrutamento de fontes humanas. Nós temos várias pessoas hoje que participam de esquemas, de atos de corrupção ou desvio de dinheiro público, e que se veem incapazes de fazer alguma coisa”, detalhou o vereador sobre o perfil dos participantes.

Segundo o parlamentar, o programa seria diferente da delação premiada, na qual a pessoa envolvida denuncia atos criminosos. No projeto, os agentes duplos ajudariam a colher informações que, futuramente, seriam utilizadas na deflagração de operações.

“Essa pessoa passa então a ser pessoa infiltrada dentro do esquema, ela pode inclusive cometer os atos ilícitos de atestar notas, de receber dinheiro e entregar isso para o Judiciário durante todo esse processo investigatório de produção de provas”, disse.

“A partir daí, quando a operação for deflagrada, com as pessoas presas, ela [agente] entra então no programa de proteção de testemunha durante pelo menos quatro anos, com possibilidade de ser prorrogado por mais quatro, com o dobro do salário em que ela está naquele momento”, acrescentou.

Além disso, o vereador também pretende implantar um comitê anticorrupção para fiscalizar tanto atos do Legislativo quando do Executivo. De acordo com Paccola, muitos entraves burocráticos poderiam ser dispensados com o comitê.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais Lidas

Supermercados tentam ampliar horário de funcionamento; desembargadora nega

A desembargadora Helena Maria Bezerra Ramos negou um pedido da Associação de Supermercados de Mato Grosso (Asmat), contra o decreto do Estado que fixou...

MT bate 2,7 mil casos de Covid em 24 horas e UTIs chegam a 96,8% de ocupação

Mato Grosso atingiu números assustadores da pandemia nas últimas 24 horas. Foram notificados 2.748 novos casos da doença. A taxa de ocupação chegou a 96,86%...

Operação cumpre 24 mandados de prisão contra membros de facção criminosa

Vinte e quatro mandados judiciais com alvo em uma organização criminosa atuante na região leste do estado são cumpridos pela Polícia Civil, na manhã...

Related Articles

Supermercados tentam ampliar horário de funcionamento; desembargadora nega

A desembargadora Helena Maria Bezerra Ramos negou um pedido da Associação de Supermercados de Mato Grosso (Asmat), contra o decreto do Estado que fixou...

MT bate 2,7 mil casos de Covid em 24 horas e UTIs chegam a 96,8% de ocupação

Mato Grosso atingiu números assustadores da pandemia nas últimas 24 horas. Foram notificados 2.748 novos casos da doença. A taxa de ocupação chegou a 96,86%...

Operação cumpre 24 mandados de prisão contra membros de facção criminosa

Vinte e quatro mandados judiciais com alvo em uma organização criminosa atuante na região leste do estado são cumpridos pela Polícia Civil, na manhã...