Emanuelzinho sinaliza suspeita de lobby na suspensão do VLT em prol do BRT

O deputado federal Emanuelzinho (PTB) disse que não está descartada a possibilidade de a suspensão do VLT em prol a implantação do BRT, proposta pelo governador Mauro Mendes (DEM), ser motivada por lobby. O apontamento foi feito na manhã desta terça-feira (23), ao Jornal da CBN Cuiabá.

Conforme divulgado pela reportagem, a troca do modal foi proposta no fim de 2020 pelo chefe do Executivo estadual. Contudo, o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), questionou a maneira “unilateral” como o processo se deu, apontando que a condução foi impositiva.

O embate entre os gestores ganhou fôlego e virou tema de audiência pública na Assembleia Legislativa de Mato Grosso. Em meio ao embate, Emanuelzinho propôs que a população fosse ouvida sobre o tema por meio de um plebiscito.

Questionado sobre a consulta popular que tem sido amplamente criticada pelo governo, o deputado apontou a possibilidade de haver um lobby em andamento em torno da mudança de modal.

“O que é lobby? Empresários, cidadãos que têm um poderio econômico muito grande e se aproximam da máquina estatal oferecendo investimentos seja em campanhas eleitorais ou em outros momentos, em troca de receberem benefícios. É o que está acontecendo? Não sei. Mas pode estar acontecendo. E eu, como parlamentar federal, tenho obrigação de me manifestar”, apontou Emanuelzinho.

Além disso, o deputado argumentou que as “narrativas unilaterais do governo não são verdadeiras”, no que diz respeito ao VLT não ser o modal mais adequado para a Baixada Cuiabana.

Para o parlamentar, os pontos levantados pelo governador na defesa do BRT devem ser discutidos de forma técnica.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Mais Lidas

Supermercados tentam ampliar horário de funcionamento; desembargadora nega

A desembargadora Helena Maria Bezerra Ramos negou um pedido da Associação de Supermercados de Mato Grosso (Asmat), contra o decreto do Estado que fixou...

MT bate 2,7 mil casos de Covid em 24 horas e UTIs chegam a 96,8% de ocupação

Mato Grosso atingiu números assustadores da pandemia nas últimas 24 horas. Foram notificados 2.748 novos casos da doença. A taxa de ocupação chegou a 96,86%...

Operação cumpre 24 mandados de prisão contra membros de facção criminosa

Vinte e quatro mandados judiciais com alvo em uma organização criminosa atuante na região leste do estado são cumpridos pela Polícia Civil, na manhã...

Related Articles

Supermercados tentam ampliar horário de funcionamento; desembargadora nega

A desembargadora Helena Maria Bezerra Ramos negou um pedido da Associação de Supermercados de Mato Grosso (Asmat), contra o decreto do Estado que fixou...

MT bate 2,7 mil casos de Covid em 24 horas e UTIs chegam a 96,8% de ocupação

Mato Grosso atingiu números assustadores da pandemia nas últimas 24 horas. Foram notificados 2.748 novos casos da doença. A taxa de ocupação chegou a 96,86%...

Operação cumpre 24 mandados de prisão contra membros de facção criminosa

Vinte e quatro mandados judiciais com alvo em uma organização criminosa atuante na região leste do estado são cumpridos pela Polícia Civil, na manhã...